Doutrina nem jurisprudência reconhecem prestação de alimentos a amantes

“…É por isso que é perfeita a orientação da doutrina majoritária e da jurisprudência: não há dever de prestar alimentos entre os concubinos, ou decorrentes de relacionamentos paralelos…”

Valioso texto do Professor José Fernando Simão sobre alimentos entre amantes e o entendimento atual das decisões judiciais.

[gview file=”https://pensaodealimentos.com.br/wp-content/uploads/2017/05/22.05.17-ConJur-Não-existe-dever-de-prestar-alimentos-entre-concubinos.pdf” height=”600px” width=”600px”]

Facebook Comments

Iniciar Contato
1
Chat OnLine
(Via-PA). Olá. Escreva de forma resumida sua dúvida para que possamos analisar o quanto antes. Relembramos que questões como, qual valor da pensão, quanto vou receber entre outras, são analisadas sempre mediante a realização da consulta profissional e, quando não há acordo, é sempre o juiz quem decide valores dos alimentos.